Musculação emagrece?

Musculção emagrece?

Muitas pessoas acreditam que a musculação atrapalha o emagrecimento, pois embora exista uma perda da porcentagem de gordura,existe um aumento da massa magra (massa muscular), e o que pode acontecer? Não haver perda de peso na balança!

Mas o que realmente importa muitas vezes não é perder peso. Isso muitas vezes isso não significa emagrecer com saúde. A musculação é bastante importante no tratamento da celulite por exemplo

Você pode apresentar perda de peso, emagrecer por algumas semanas, ficar flácida ou pode emagrecer aumentando a massa magra (massa muscular) e apresentar um aspecto bem melhor, com um corpo forte e saudável. Teoricamente, é exatamente isso que a musculação faz.

Muitas vezes perder peso na balança não é necessariamente bom. Muitas vezes é melhor mudar a composição corporal aumentando a massa magra.

A massa magra acelera o metabolismo, o que aumenta proporcionalmente seu gasto calórico. Com o metabolismo acelerado você ainda perde calorias algum tempo depois da atividade física.

Associando uma dieta equilibrada e musculação os resultados podem ser rápidos. Obviamente, toda essa prática deverá ser seguida de supervisão médica e se possível uma orientação de nutricionista e do seu professor na academia. E dá-lhe peso!

Leia mais

Saúde da Mulher

Leia mais

Atividade física ajuda na hora do sexo

Musculação ajuda na hora do sexo

Atividades físicas em geral podem dar aquele empurraõzinho na preguiça e na disposição na hora do sexo. Esse é o ponto de vista da Profª.Denise Carceron, do blog Fique Informa, onde ela coloca de forma bastante direta o assunto.

“Não dá para pensar em um bom desempenho sexual sem que haja saúde física e emocional. Se nos preocupamos em estar preparados para melhorar na corrida, agüentar uma aula de jump ou não infartar subindo a escada, por que não nos preocuparmos com o mesmo no ato sexual?”

Ela continua referindo-se ao aumento das capacidades físicas propiciando assim um melhor desempenho sexual: “A relação sexual envolve capacidades físicas como força, resistência, flexibilidade e condicionamento cardiorespiratório. Todos treináveis através do exercício.”

Uma melhor flexibilidade favorece e deixa mais confortável determinadas posições . A melhora da força e da resistência permite que as pessoas permaneçam por mais tempo em posições mais difíceis e que suportem o peso do parceiro. Já o condicionamento cardiorespiratório permite ter mais fôlego na hora do sexo.

Alguns exercícios realizados nas aulas de Pilates e Yoga favorecem o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico, facilitando a contração da vagina, podendo trazer mais prazer para ambos. A impotência pode ser prevenida a medida que o exercício contribui para melhorar a circulação sanguínea.

O exercício libera endorfina  que pode aumentar a predisposição sexual, aumenta a produção de testosterona (nas mulheres em menor quantidade) que ajuda na “vontade de fazer sexo” e nas mulheres aumenta a produção de estrogênio que ajuda na lubrificação da vagina.

Do ponto de vista emocional pessoas que se exercitam tendem a ter uma auto-estima elevada, tem mais autoconfiança, pois tendem a estar mais satisfeitas com o próprio corpo.” conclui Denise.

Leia mais

Higiene nas Crianças

 

Leia mais

Globo Repórter, Saúde e Qualidade de Vida

Leia mais